Ditadura no Mercado Municipal de Montes Claros

O Vereador pastor Altemar Freitas (PSDB) voltou a criticar as obras do Mercado Municipal de Montes Claros, na reunião da última terça-feira (25), uma semana após realizar audiência pública sobre o assunto.

Segundo Freitas, nenhum representante do executivo participou da discussão.

-O prefeito não enviou nenhum de seus secretários, o que demonstra claramente o pouco caso, com o povo de Montes Claros. Ainda tive notícia de que mandou espalhar no mercado e avisar aos feirantes que não teria audiência, afirmou.

As obras de reforma do mercado acontecem desde o início do ano e para muitos feirantes tem causado prejuízo no comércio local, devido à demora e à falta de organização.

-Desde que começaram a mexer aqui, minhas vendas caíram 80%, de forma que o que vendo não estou conseguindo pagar nem o transporte da mercadoria. Queremos agilidade, disse um feirante que pediu para não ser identificado, com medo de represálias.

Além de criticar a demora na execução das obras, o vereador usou a tribuna para denunciou que vários feirantes estão sendo perseguidos e sendo ameaçados de ficarem sem suas barracas.

-Recebi várias denúncias de feirantes que estão com medo de ficar sem o ganha pão. Muitos estão temerários, preferem se calar diante da ditadura que tem imperado naquele lugar, afirmou Freitas.

O parlamentar também criticou o esgoto a céu aberto que corre no Mercado e questionou a ação da vigilância sanitária.

-Oras, quem vai multar a prefeitura? Há pouco tempo, vários donos de comércios no mercado foram multados em até 800 reais por causa de mofo no teto, e agora e o esgoto, água podre não cabe multa? Cadê a vigilância sanitária?, indagou.

Outra reclamação do vereador se refere aos buracos nas vias da cidade, que continuam a atormentar a população.

-É triste e vergonhosa a situação da nossa cidade, quer seja no centro e/ou nos bairros, passo numa rua há 10 anos e os buracos continuam lá. Nem mesmo esta campanha de urgência e emergência da Esurb consegue resolver esse caos, lamenta.

Com uso de metáforas o vereador finalizou o discurso dizendo que o período das vacas e bezerros desmamarem está chegando ao fim, com a proximidade do ano político.

-Ainda vamos ver muito bezerro ir para o pasto comer braqueada.

Fonte: Jornal Montes Claros

Sobre Ramon Rocha

Jornalista e Fotógrafo por paixão, Analista de Sistemas, empresário e administrador, me formei na Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP) e venho atuando nos mais diversos segmentos empresariais na gestão de tecnologia (TI), suprimentos e recursos administrativos. Proprietário do Guia Gerais, criei este projeto com o intuíto de levar entretenimento e informações úteis para o Estado de Minas Gerais, fornecendo uma agenda de eventos atualizada, cobertura de eventos, notícias e um guia completo de empresas, produtos e serviços.

Veja também

Visitantes se encantam com a Matriz de Santo Antônio, de Itatiaia (Ouro Branco/MG), após restauro

De todos os locais do Brasil, chegam visitantes para apreciar o restauro da Matriz Itatiaia, …

Bloco É o amô se prepara para trazer ao carnaval de BH os clássicos sertanejos no primeiro ensaio do ano da bateria

BLOCO É O AMÔ SE PREPARA PARA TRAZER AO CARNAVAL DE BH OS CLÁSSICOS SERTANEJOS …

Baianas Ozadas apresenta o primeiro Ensaio Ozadia de Verão 2018

O maior bloco de BH inicia com pé direito o calendário da folia no próximo …

Deixe uma resposta

X