Bruno Mars ainda surpreende com o álbum 24K Magic

Crítica Musical 

Jornalista:
Felipe de Jesus
Foto: Time Out Lisboa

Michael Jackson foi um dos grandes nomes do Pop no mundo todo e em quase 30 anos de carreira solo, teve alta vendagem em quase todos os seus álbuns. Desde Off The Wall (1979), Thriller (1982) – (mais vendido até hoje na música mundial) –  Bad (1987), Dangerous (1991) até History (1995), ele reinou na música. Todavia, após sua partida em 2009, poucos cantores Pop conseguiram ser tão autênticos e com “mera semelhança” ao “Rei do Pop” como Bruno Mars (que sem imitar), vem fazendo um belíssimo trabalho na música mundial em pouco tempo de carreira.

Seu último álbum 24K Magic lançado no fim de 2016, deixa para traz toda a imagem de “garoto pop” que o artista carregou em seu primeiro álbum: Doo – Wops & Hooligans – Elektra / Asylum (2010) e seu segundo: Unorthodox Jukebox – Atlantic (2012) e mostra como ele amadureceu. Prova disso é que após um ano e meio de lançamento do disco, ele ainda está colhendo bons frutos como o “Grammy 2018” em todas as categorias: Disco do Ano, Música do Ano, Gravação do Ano, Performance R&B, Música R&B e Álbum R&B. O album é a mais pura comprovação de que ter boas influências pode revelar ótimos trabalhos no futuro. Vale lembrar da incrível música “Just The Way You Are (2010)”, que lançou o cantor para mundo.

O disco 24K Magic traz canções dançantes como a primeira música “24K Magic” que recebe o mesmo nome do disco. A canção traz aquele velho estilo de Mars que todos conhecem bem. Além de Michael Jackson (em Thriller 1982), algumas músicas do álbum perpassam pelos anos de 1970 como o inigualável James Brow na terceira faixa de 24K Magic: “Perm”. Basta escutar os primeiros acordes e batidas para perceber que Mars se deliciou em discos de James Brown. Mas os anos de 1990 foram relembrados pelo artista em 24K Magic como Boyz II Men em “That’s What I Like” e Baby Face em “Too Good to Say Goodbye”. Avalio o disco com quatro estrelas, pois, qual será o próximo passo do artista. Seguirá influências ou manterá a linha do último álbum?

Veja também

“Soltando os Bichos” estreia no Diversão em Cena ArcelorMittal

Espetáculo da Reticências Produções Artísticas apresenta em Belo Horizonte “Soltando os Bichos” é a novidade …

Para celebrar o dia das crianças, Anitta apresenta o “show das poderosinhas”

A festa acontece no dia 12 de outubro, no Km de Vantagens Hall BH Ingressos …

Com ingressos esgotados, Dilsinho grava seu primeiro DVD

Projeto contou com Ivete Sangalo, Luan Santana, Sorriso Maroto e mais Rio de Janeiro, 21 de …

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

X